PSB articula apoio do PT para candidatura de Dailton na eleição de Madre de Deus

A união entre os dois partidos ainda não foi formalizada, mas lideres do PSB apontam que é uma composição natural. 

PSB articula apoio do PT para candidatura de Dailton na eleição de Madre de Deus-Foto: Bahia Manchetes.

Membros do PSB e PT se reuniram remotamente durante a semana para discutir um eventual apoio da sigla para o ex-vereador e pré-candidato a prefeito de Madre de Deus, Dailton Filho (PSB). A união entre os dois partidos ainda não foi formalizada, mas lideres do PSB apontam que é uma composição natural.

“Dailton tá bem nas pesquisas que temos em primeiro é natural, mas ninguém ganha a eleição de véspera. Então quanto mais gente a gente conseguir juntar é melhor. Então essa é a tentativa, essa é a conversa, esse é o avanço que a gente está tendo com  os nossos companheiros do PT”, disse o primeiro-secretário do PSB na Bahia, Rodrigo Hita em entrevista ao Bahia Manchetes.

“Partidos e relações não são individualizadas, não é porque problemas de um ou outro, pessoais no passado que interfere numa relação política geral de partido. Então acho que todo mundo é muito maduro neste sentido. Os presidentes municipais, tanto Dailton, quanto Daltro, e a gente caminhar aí para uma conversa mais avançada”, afirma Hita dando a entender que a declaração faz referência  as ranhuras causadas no último pleito municipal.

Para ele, Madre de Deus é a prioridade do PSB na Região Metropolitana de Salvador.

Ao Bahia Manchetes Dailton Filho disse nesta quinta (9) que o PT já foi aliado dele em 2016 e justifica que houve um distanciamento com atual presidente municipal da legenda, Anisvaldo Daltro, mas agora resolveram se reaproximar.

O pré-candidato reforça que articulação visa contar com apoio do governador Rui Costa (PT). Ele destaca que o trabalho de seu grupo político foi direcionado a chapa majoritária,  e a bancada do PT.

Dailton disse ainda que  se sente muito a vontade no PSB ao apontar que tem recebido todo suporte da legenda.

“Essa identidade [do partido] comigo tá se afinando muito, porque eu quero trabalhar para o povo de minha cidade, eu quero ver esse povo feliz! E pra isso tem que ter parceiro, tem que ter estrutura, gente que tem experiência para ajudar no processo. Ninguém faz nada sozinho”, diz. E completa: “Vamos precisar de todo mundo”.

Ele disse que não tem problema em conversar com lideranças políticas da cidade que estejam dispostas a discutir propostas com a comunidade.

“A gente precisa saber quem é que quer aderir essa nova visão de construir com o povo, de construir para o povo. Porque tem gente que só quer pensar no umbigo, tem gente que só quer tá do lado do poder e não quer construir nada. Então a gente precisa apenas agregar, formar o time, formar a equipe de trabalho, as pessoas que estão interessadas em ajudar, em favor do povo de Madre de Deus”, disse.

Além do pré-candidato Dailton Filho, participaram da reunião remota a presidente do PSB na Bahia, deputada federal Lídice da Mata; o presidente do PT, Éden Valadares; o primeiro-secretário do PSB na Bahia, Rodrigo Hita; o suplente de deputado estadual do PSB, Angelo Almeida; o coordenador nacional da Federação Única dos Petroleiros, Deyvid Bacelar e o presidente do PT de Madre de Deus, Anisvaldo Daltro.