Vice toma posse após afastamento de prefeito por suspeita de improbidade administrativa em Candeias

Pitágoras Ibiapina foi denunciado por um morador que apontou supostas irregularidades na compra de respiradores.

Vice toma posse após afastamento de prefeito por suspeita de improbidade administrativa em Candeias -Foto: Bahia Manchetes.

A vice-prefeita de Candeias, Márcia Gomes (PSDB), assumiu interinamente a prefeitura da cidade nesta quinta-feira (9).

A posse dela ocorreu após o afastamento temporário do prefeito Pitágoras Ibiapina (PP), que é investigado por suspeita de improbidade administrativa.

O afastamento do gestor, mais conhecido como Dr. Pitágoras, segundo a decisão do poder Legislativo, será de 90 dias.

Por 9 votos a 8, os vereadores decidiram a fastar o chefe do Executivo durante a sessão na Câmara, na tarde desta quinta-feira (9).

Pitágoras Ibiapina foi denunciado por um morador que apontou supostas irregularidades na compra de respiradores.

De acordo com o Ministério Público Federal na Bahia (MPF), a suspeita é que a administração municipal  pagou R$ 175 mil por cada respirador. A prefeitura de Candeias comprou 8 equipamentos.

Ainda conforme a denúncia, a Prefeitura de Salvador teria comprado os respiradores do mesmo tipo pelo preço unitário de R$ 32 mil.

Em nota, o prefeito aponta que não há embasamento legal para Câmara de Candeias afasta-lo do cargo.

Ele descreve  a medida como uma “clara ofensa” aos mais caros princípios constitucionais do devido processo legal, da ampla defesa e contraditório.

O prefeito ressalta ainda que quando for notificado entrará com as medidas judiciais cabíveis.