Portão fechado no terminal marítimo dificulta acesso as embarcações em Madre de Deus

Com o registro publicado na web não faltaram críticas e questionamentos por parte de internautas.

Internautas reclamam que portão fechado em terminal marítimo de Madre de Deus dificulta acesso às embarcações-Foto Reprodução Facebook.

Internautas usaram as redes sociais na última segunda-feira (11) para reclamar do portão que dificulta o acesso às embarcações na praia localizada no Terminal Marítimo de Madre de Deus. Um das publicações feitas no Facebook, foi amplamente compartilhada na web.

No post, um antigo morador relata que há 69 anos a população utiliza a ponte para ter acesso as canoas, barcos e opções de lazer na região. Ele ressalta que para passar pelo portão cada pessoa terá que pagar uma taxa, ao que classifica como “arbitrária”. “Idosos , mulheres e crianças pulando a grade para ter acesso a praia, pode?”, questiona.

Com o registro publicado na web não faltaram críticas e questionamentos por parte de internautas. “Que loucura. Isso não existe. A população tem que tomar atitude”, comentou uma mulher. Outros defenderam que medidas judiciais devem ser adotadas. Alguns comentários incentivaram que o cadeado do portão fosse quebrado.

As vereadoras Jodiane Alves e Joyce Lima falaram sobre o assunto na Câmara Municipal. Joyce relatou que após  questionamentos de moradores tentou falar com o responsável pelo terminal, Gulever Ribeiro, mas as ligações não foram atendidas.

“Eu tenho certeza que se o prefeito ligasse ou algum secretário ele atenderia, mas quem é o povo pra ele atender. E isso eu me incluo como povo, ele não atendeu”.

Para a parlamentar, as dúvidas foram geradas pelo responsável pela ponte no município que não colocou informativos no local. Ela ressalta que está do lado da população e lembra que quando a Sinart assumiu a concessão, encontrou a ponte pronta. A vereadora cobrou ainda informações sobre o caso.

“Já que nosso amigo que administra uma ponte em nossa cidade não consegue atender a população”, ironiza.

Internautas reclamam que portão fechado em terminal marítimo de Madre de Deus dificulta acesso às embarcações-Foto Reprodução Facebook.

 

De acordo com Jodiane, a gestão pública não pode ser arbitrária. Ela enfatiza que casos como esse devem ser discutidos e resolvidos através de negociações com a população.

“Problemas maiores que se tem na ponte, que é uma parte que tá quebrada  que vai pra Maria Guarda, está do mesmo jeito até hoje”, diz. E completa: “O que deveria se preocupar não se preocupa, vai se preocupar com o pobre do pescador”.

O acesso foi fechado pela concessionária Sinart, empresa que administra o Terminal Hidroviário do Município. Procurado pelo Bahia Manchetes, o gerente Gustavo Pluma, disse que o portão foi colocado no local para controlar o acesso. Segundo ele,  muitos passageiros que deveriam passar pela catraca de embarque estavam passando pelo portão. Ele destaca que isso  fere o contrato de concessão quanto ao desiquilíbrio econômico.

Ainda conforme o gerente, o acesso está garantido para os pescadores e para os barqueiros que necessitam dar manutenção em suas embarcações, e que, os funcionários vão fazer  o controle de acesso.

“O que não podemos mais aceitar é o descontrole existente! O THMD [Terminal Hidroviário de Madre de Deus]  foi licitado para que uma empresa organizasse e mantivesse o controle e segurança, o que estamos aplicando”, afirmou.