Testagem aponta que 35% dos funcionários da saúde de Madre de Deus foram infectados, diz secretária

A Secretária Municipal de Saúde, Stela Souza afirmou que já contraiu o novo coronavírus 3 vezes.

Secretária de Saúde de Madre de Deus, Stela Souza
Testagem aponta que 35% dos funcionários da saúde de Madre de Deus foram infectados, diz secretária- Imagem divulgação.

A Secretária Municipal de Saúde, Stela Souza afirmou na tarde desta terça-feira (2) em um vídeo compartilhado nas redes sociais da prefeitura de Madre de Deus que a testagem apontou que 35% dos funcionários da saúde foram infectados por Covid-19.

Segundo ela, 1875 pessoas testaram positivo para coronavírus e reforça que o aumento da doença tem sido “grande” na cidade.

Ainda conforme a secretária, os exames de RT-PCR apontaram o número de funcionários da saúde que foram infectados.

Stela alerta que a situação é muito séria, acrescentando que esses trabalhadores cuidam da saúde da população.

“Se eles [funcionários da saúde] adoecem nos ficaremos sem trabalhador. A equipe de enfermagem do nosso município, quase toda tá infectada e nós tivemos que afastá-los. Tem pessoas novas que a gente estava pensando no início, os cientistas pensavam que eram só os idosos que eram afetados e que poderiam ficar [estado] grave é não. Hoje a gente tá perdendo gente nova”, afirma a secretária.

Ela completa afirmando que o município recebeu apenas 650 doses de saúde para imunizar profissionais que trabalham na linha de frente da saúde e idosos.

“Inicialmente, idosos com 95 anos ou mais, abriu-se para idosos de 90 anos ou mais, agora tá aberto para idosos de 87 anos ou mais. A gente não tem vacina para vacinar os idosos acima de 80 anos”, diz e justifica que quando existem outros idosos acima de 80 anos na mesma casa, eles são imunizados para dar celeridade ao processo de vacinação.

“Claro, menor que 80 aí a gente não pode vacinar mesmo! Mas, maior que 80 a gente tem tentado vacinar”, garantiu.

A Secretária Municipal de Saúde, Stela Souza, apontou ainda que não existe vagas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com quadro grave de saúde.

“A saída não é a vacina, a saída é a gente se cuidar, a saída é a gente se proteger. Não faça aglomeração, não fique sem a máscara momento algum: chega gente de perder vidas, chega! É muita morte, é muita família sofrendo”, diz. E afirma: “Eu pela terceira vez peguei Covid, graças a Deus até aqui o senhor me ajudou”.