PM é baleado de raspão em troca de tiros no Nordeste de Amaralina 

Caso ocorreu na tarde deste sábado (3), na localidade conhecida como Alto da Alegria, em Salvador.

Mulher é esfaqueada por outra durante festa do tipo 'paredão' em Salvador (Foto: Imagem/ TV Bahia)

Um policial militar foi baleado de raspão em um dos braços durante uma troca de tiros, no bairro do Nordeste de Amaralina, em Salvador, na tarde deste sábado (3). A informação foi confirmada pela Polícia Militar.

De acordo com a PM, o agente estava com uma guarnição da 40ª CIPM, que foi recebida a tiros na localidade de Alto da Alegria. Os policiais revidaram e um deles foi atingido. O PM baleado foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde passa por procedimentos médicos. A PM informou que o agente não corre risco de morte.

Primeiro policial morto na Bahia em 2018

Sargento da PM morreu após troca de tiros com suspeitos na Bahia (Foto: Reprodução/Facebook)

Um sargento da Polícia Militar e um suspeito morreram na madrugada deste sábado (3), após uma troca de tiros, durante uma operação policial, em um trecho da BR-101, na cidade de Eunápolis, no extremo sul da Bahia. Conforme a PM, esta é primeira morte de um policial militar no estado neste ano.

Segundo a Polícia Civil, o sargento Françual Manoel Santos, de 48 anos, realizava rondas na região com outros PMs, quando ele e outros agentes se aproximaram de um carro onde estavam quatro suspeitos. Os homens atiraram contra os policiais, que revidaram.

Na troca de tiros, de acordo com a polícia, o sargento e um dos suspeitos, que ainda não foi identificado, foram atingidos. Os outros três criminosos fugiram.

O sargento chegou a ser socorrido e foi levado para o Hospital Regional de Eunápolis, mas não resistiu aos ferimentos. O suspeito baleado morreu no local do confronto. Os corpos dos dois foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Eunápolis, onde foram periciados.

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do sargento, que estava na corporação há 25 anos. Françual Santos era lotado na 7ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Eunápolis. O PM era casado e deixa dois filhos.

/Via G1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*