Kikito diz que se a prefeitura pagou a rescisão de Nita está errado: ‘Tem que pagar ao pequeno’

"Infelizmente, é um grande erro que vem de lá de trás e continua! E eu não concordo, venha quem vier se tiver de dizer, eu vou dizer", afirmou o vereador.

Kikito diz que se a prefeitura pagou a rescisão de Nita está errado: 'Tem que pagar ao pequeno' -Foto: Bahia Manchetes.

O vereador kikito Tourinho (PTB) disse durante a sessão de terça-feira (11) na Câmara Municipal que se a prefeitura de Madre de Deus pagou a rescisão da ex-secretária de educação, Nita de Brito (PP), está errado.

Antes de fazer a declaração, o edil afirma que Marden Lessa (PSB) havia mencionado o nome dele sobre a rescisão que foi paga para um secretário na gestão do prefeito Jeferson Andrade (PP), afastado do cargo por suspeita de improbidade administrativa.

“Eu falei e falo mesmo! Eu sou pelo certo, não sou pelo errado. Meu mandato é pelo certo, doa a quem doer, certo?! Se pagou a Nita tá errado e todo mundo sabe meu pensamento, tem que pagar ao pequeno, não é aos grandes não”, disse.

Logo depois, o vereador ressalta que se é um direito, todos devem receber, mas se for pra fazer uma separação que pague aos pequenos.

“Infelizmente, é um grande erro que vem de lá de trás e continua! E eu não concordo, venha quem vier se tiver de dizer, eu vou dizer”, completa.

Segundo ele, havia muitas coisas na cidade, mas hoje não temos mais: “Infelizmente, 8 anos, mais de 8 anos foi um retrocesso”.

Em seguida, ele cita como exemplo a falta dos correios no município, afirmando que o serviço de correspondência acabou.

“Tudo que [a ex-prefeita] Carmen e outros prefeitos fizeram esse prefeito, o ex-prefeito Jeferson Andrade acabou. Não tem mais, é um retrocesso. E me deixa muito triste tudo isso, porque nós somos daqui. Nós precisamos dos serviços e as coisas realmente acabaram”, asseverou.