Gravidas sofrem com demora em atendimento no Hospital e prefeitura responsabiliza antiga gestão por salários atrasados

Secretário municipal de Saúde, Markus Santil, informa que a nova administração encontrou a  Secretaria de Saúde com uma série de problemas: 'o caos  instalado'.

Gravidas sofrem a espera de atendimento no Hospital e prefeitura responsabiliza antiga gestão por salários atrasados

Familiares reclamaram da demora no atendimento das gestantes na manhã deste sábado (9) no Hospital Municipal de Madre de Deus. As imagens das pacientes foram registradas por um cinegrafista amador que também se queixou da situação. ” Duas gravidas aqui em Madre de Deus, aqui no Hospital, entrando em trabalho de parto no momento. E têm duas mães desesperadas aqui com suas filhas.  Compartilhe agora no momento, para você ver o desespero”, disse.

O rapaz que gravou o vídeo também alertou para o risco de aglomeração , relatando que “o atendimento tem que ser essencial” para pessoas que precisam dar à luz.  Enquanto, a gestante chorava de dor, o homem afirma que a unidade não tem obstetra. Desesperada, a mãe da jovem desabafa:”Amenina tá abaixada aqui no chão, vai continuar aí parecendo um pedaço de pau é? vocês não tem coração não é? Vocês tem filhos, vocês tem filhas”, reclamou a mulher, com a voz embargada.

Em nota a prefeitura de Madre de Deus informou que as duas gestantes foram transferidas. Uma para o Hospital Municipal de São Francisco do Conde e a outra para o Hospital Ouro Negro, em Candeias. O texto aponta ainda, que o obstetra plantonista pediu demissão, e que, antiga gestão não pagou o salário referente ao mês de março de alguns colaboradores.

O secretário municipal de Saúde, Markus Santil, destaca que a nova administração encontrou a  Secretaria de Saúde com uma série de problemas e descreve como o ‘ caos  instalado’.

“Sendo uma das piores situações, o atraso dos proventos de alguns colaboradores, como é o caso do referido obstetra”, diz, e acrescenta que o problema de pagamento será solucionado nos próximos.

Veja o vídeo abaixo: