Fabio Assunção pede desculpas pela web e diz que ‘não usou droga ilícita’

"Lamento muitíssimo o ocorrido em Arcoverde", declara ator nas redes sociais.

(Foto:Reprodução/AgNews)

O ator Fabio Assunção, de 45 anos, usou seu perfil nas redes sociais para pedir desculpas no final da tarde de sábado (24), depois de ser liberado pela polícia em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. Após se envolver em uma confusão na madrugada deste sábado , o ator global acabou sendo preso em flagrante pela polícia.

Confira vídeo abaixo:

Já na viatura,bastante irritado, o galã da Globo chama o sargento de “filho da P…”, ele ainda classifica o PM como a “escoria da polícia brasileira”. Depois de prestar esclarecimentos na delegacia da cidade, na manhã deste sábado, ele foi levado para o fórum local, onde participou de uma audiência de custódia. Em seguida, foi liberado depois de pagar uma fiança de dez salários mínimos (aproximadamente R$ 9.400). Testemunhas também foram ouvidas.

Na publicação, ele reconheceu que errou, e lamentou por ter se excedido. O ator ainda garantiu que não fez uso de nenhuma droga ilícita, acrescentando que será provado pelo exame toxicológico.

O ator estava na cidade para divulgar o documentário “Eu sonho para você ver” dirigido por ele e pela namorada e cineasta, Pally Siqueira, exibido na sexta-feira, abertura oficial do São João.

“Lamento muitíssimo o ocorrido em Arcoverde. Era uma noite de celebração. Tinhamos acabado de exibir nosso documentário filmado no sertão pernambucano no palco principal do festival de São João. Então fomos com a equipe confraternizar e a situação saiu do controle. Infelizmente aconteceu uma briga. Errei ao me exceder. Não fiz uso de nenhuma droga ilícita – o que será comprovado pelo exame toxicológico que eu mesmo pedi para ser feito. Serei responsável pelos danos causados. Agora estou bem. Agradeço pelas tantas manifestações de carinho e apoio que recebi. Peço a todos sinceras desculpas. Não é fácil, mas reconhecer meus erros e procurar sempre aprender com eles é o que eu desejo”, diz o texto.