Em rádio, apresentador alfineta advogada e presidente da Câmara de Madre de Deus

Em comentário na manhã desta segunda-feira (17), Sérgio falou sobre as declarações do vereador e da advogada da Câmara.

Câmara Municipal de Madre de Deus (Foto:Reprodução)

O apresentador de um programa na rádio comunitária de Madre de Deus, Sergio Aguiar alfinetou o presidente da Câmara Municipal , Marden Lessa  e a advogada Janete Kotula, em um comentário na manhã desta segunda-feira (17). Após reproduzir os áudios que circulam por um aplicativo de celular em que Janete crítica à administração do prefeito Jeferson Andrade, o apresentador afirmou, sem citar nomes, que políticos disseram que tem família, mas chamou três médicos de assassinos em referencia a declaração de Marden na tribuna, em seguida, ressaltou que a advogada classificada por ele como “experiente” usou “palavras pejorativas” contra vários políticos.

“Eu vi algumas sessões lá atrás, alguns políticos falarem: que tem mãe, tem pai, tem filho, têm uma família. Em sessões seguintes, recentemente, políticos falando: ‘ que no Hospital tinha três assassinos’. Aí eu pergunto, se a família desses três profissionais, sabem ou ouvem, que foram chamados seus entes queridos de assassinos?!. Aí vem agora, a advogada da Câmara concursada há 28 anos, bastante experiência, diga-se de passagem, chamando vários  políticos e algumas pessoas com palavras pejorativas. Aí eu pergunto, onde queremos chegar?  Que tipo de politica, que tipo de cidade queremos ter, que tipo de pessoas queremos em nossa cidade? Será que realmente todos estão com os  interesses de resolver mesmo os problemas da comunidade?”, questiona o apresentador que também é responsável pela emissora.

Ouça o áudio abaixo:

Logo depois, ele ainda leu a reflexão “Carroça Vazia” atribuída a uma publicação nas redes sociais do prefeito Jeferson, em que o apresentador definiu como “colocações brilhantes”.

O texto retrata que quanto mais vazio é o individuo mais barulho ele faz.  Circula em reserva, que a reflexão que foi lida na rádio, teria sido publicada pelo chefe do Executivo, um dia depois de sua administração ser alvo de críticas durante a sessão da semana passada.

Alguns vereadores da base endureceram o discurso, e cobraram compromisso de alguns secretários municipais.

O presidente da Casa, Marden Lessa, após esclarecer que cumpriu seu papel no legislativo  sobre a viagem do prefeito, criticou  a obra do “Genvelho” e chegou a afirmar que sente  ‘vergonha de dizer que é vereador’.

“Estão ali aterrando tudo, cometendo vários crimes ambientas e a prefeituras tá fingindo que não está enxergando isso. O cúmulo do absurdo nós que somos de Madre de Deus precisamos nos identificar agora para passar, porque ele (empresário) colocou piquete e corrente e o município está permitindo isso. Eu tenho vergonha hoje de dizer que sou vereador dessa cidade, porque um governo que aí está e que eu faço parte, só está querendo pegar os pequenos. Suarez está mandando na cidade”, disparou Marden, durante sua participação na rádio comunitária no dia 12 de setembro.

Ouça o áudio abaixo: