Mais de 119 mil doses da vacina contra Covid-19 chegam a Bahia

Doses chegaram na manhã deste domingo (24), em Salvador.

Mais de 119 mil doses da vacina de contra Covid-19 chegam a Bahia— Foto: Lisboa Júnior / TV Bahia.

O avião com nova remessa de vacinas contra o novo coronavírus chegou à Bahia por volta das 10h35 deste domingo (24). Desta vez, chegaram cerca de 119.500 doses do imunizante desenvolvido pela universidade de Oxford, em parceria com a biofarmacêutica AstraZeneca.

A carga saiu do Rio de Janeiro com destino ao Aeroporto Internacional de Salvador e chegou cerca de 10 minutos mais cedo que o previsto. Segundo o Ministério da Saúde, as vacinas chegariam por volta das 10h45.

De acordo com a programação do Ministério da Saúde, a Bahia vai receber cerca de 119 mil doses das vacinas enviadas aos estados.

Após desembarcarem no Aeroporto Internacional de Salvador, as vacinas foram encaminhadas para a sede do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer). Chegando lá, foram colocadas em uma sala com refrigeração especial.

No Graer, o imunizante será será catalogado, fracionado e depois distribuído para os municípios. Para isso, uma estrutura para recebimento e armazenamento temporário de vacinas foi montada no local.

A distribuição para as cidades do interior terá início a partir das 14h deste domingo, segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Segundo a SSP-BA, a distribuição acontecerá através de veículos quatro rodas, helicópteros e aviões.

Já em relação à quantidade de doses, a Sesab afirmou que será proporcional ao número de pessoas do grupo prioritário estipulado pelo Ministério da Saúde.

A estratégia usada para essa nova remessa será de usar todas as vacinas recebidas neste domingo, pois ela tem uma resposta imunológica precoce ampla, sendo possível esticar o prazo de aplicação da segunda dose para 90 a 120 dias à frente.

Dessa forma, todas as doses poderão ser aplicadas, diferente da CoronaVac, onde foi necessário guardar cerca de 50% das doses recebidas pelo estado. Com informações do G1.