Kikito lembra que prestou queixa contra Jailton e alfineta presidente do PTB: ‘Não vivo de ameaça’

As declarações foram feitas na última terça-feira (20) na Câmara Municipal.

Kikito lembra que prestou queixa contra Jailton e alfineta presidente do PTB: 'Não vivo de ameaça' -Foto: Bahia Manchetes.

O vereador Kikito Tourinho (PTB) lembrou na última terça-feira (20)  durante pronunciamento no plenário da Câmara de Vereadores de Madre de Deus que prestou uma queixa na delegacia contra o prefeito Jailton Polícia (PTB) quando ele era presidente do poder Legislativo.

Sem citar nomes, o parlamentar disse que foi o único que enfrentou o então presidente em 2016. Kikito aponta ainda que na época a vereadora Cláudia Copque (DEM) e Rose Queiroz (PP) deveriam ter registrado um boletim de ocorrência quando foram ofendidas por Jailton.

“Quando ele botou a mão na cintura pra poder me ameaçar, e aí a doutora Janete entrou pelo meio, eu não fiquei com medo, não tenho medo, nunca tive e nunca vou ter, nem dele nem de ninguém”, disse o edil.

Ele reforçou ainda que mostrou que não é covarde: “Porque homem tem que ser homem, tem que respeitar o outro, independente de quem seja”.

O vereador relata que havia antecipado em 2016 que a máscara iria cair, disse ainda, que não foi apenas uma máscara que caiu foram várias.

Segundo ele, algumas pessoas se fazem de amigos, mas depois se revelam como “traidores” e “covardes”.

Apesar de não citar nome, Kikito deu a entender que se referia ao presidente municipal do PTB, Anderson Andrade, que fez uma postagem destacando o estatuto do partido após o edil participar da carreata do ex-vereador e candidato a prefeito Dailton Filho (PSB).

“Quero sempre fazer o bem, mesmo que venha os levantes, mesmo que aqueles covardes que estavam juntos comigo o tempo todo. E hoje vem de forma tão podre, tão mesquinho de ficar se colocando, tipo em ameaça. Não vivo de ameaça meu irmão, não tenho medo”, disparou o parlamentar.

Kikito ressalta que não está no Legislativo de “brincadeira” para agentes políticos fazerem dele “marionete”.

“As pessoas que estavam comigo, hoje querem falar mal de mim no Facebook, dentro das casas tentando tirar meu voto, tentando criar um imagem de Kikito que não existe. Porque ele achava que eu era a marionete dele, que tudo eu fazia”, diz. E completa: “Engano, a gente sempre teve entendimento, jamais! Eu sigo o que Deus quer que eu faça”.

O vereador disse ainda que não seguiu no projeto político liderado pelo atual prefeito Jailton porque sempre foi maltratado por ele.

“Eu poderia estar lá, usando lá e fingindo cá . Mas eu tenho coragem, eu sou de palavra, doa a quem doer”, afirmou o parlamentar para uma claque de simpatizantes.

Ainda conforme Kikito, o poder é passageiro e que se tiver que pagar com o mandato ele pagará, mas saíra do Câmara com a cabeça erguida: “De honestidade, de palavra, de compromisso e de respeito e amor ao nosso povo”.

Quando assumiu a secretaria de governo, o presidente municipal do PTB, Anderson Andrade, disse ao Bahia Manchetes que o partido estava alinhado com outro projeto, mas retirou o apoio.

Ele definiu o posicionamento do agrupamento como algo “natural da política”. Em seguida, afirmou que os candidatos e filiados não terão liberdade de escolher  ou apoiar um postulante ao cargo de prefeito de outro partido.

“Eu não quero ninguém não comprometido, não motivado ao nosso lado. Quem não tiver motivado pede pra sair! É questões pessoais, não é questões partidárias”, disse.

Logo depois, pondera afirmando que “não existe punição a ninguém, não existe nada arbitrário”.

“Existe um consenso, existe um diálogo e o vereador Kikito como eu sempre falo é meu amigo, é meu irmão e sempre a gente alinha junto. Você não vai ver Anderson Andrade de um lado e Kikito Torinho de outro, como muitos torceram em muitos outros cenários. Não existe essa possibilidade de caminharmos separados”, asseverou durante entrevista por telefone.

Ele acrescenta que o vereador Kikito “esta preocupado hoje com que a gestão funcione porque ele sabe a dificuldade que o povo esta passando”.

“Ele é um cara super comprometido com a comunidade, independente de partido, independente de cenário, ele tá se preocupando é com o povo”, disse  o presidente municipal do PTB.