Após atraso, os Africanos arrastam multidão na pipoca no carnaval em Madre de Deus

Apesar do empurra-empurra, os foliões acompanharam o bloco até o final do percurso.

Os Africanos arrastaram uma multidão na pipoca em Madre de Deus neste domingo (27). No entanto, dentro das cordas o que se viu foi uma pequena quantidade de foliões. Durante o percurso, o folião pipoca seguiu o trio com muita dificuldade, diante da enorme quantidade de foliões nas calçadas estreitas da cidade.

Apesar do empurra-empurra, os foliões acompanharam o bloco até o final do percurso. 

Polêmica nos abadás  

Com atraso de uma  hora, Tiago Alê subiu ao trio para se apresentar para um publico aparentemente pequeno. O desfile, que estava marcado para 19h, só teve início por volta das 20h. O atraso se deu, pela dificuldade da direção do bloco “E ai bebê” em pagar a banda. A empresaria, Carol Abdala, ameaçou que os músicos não iriam tocar se a direção do bloco não resolvesse a pendência  financeira. A direção do bloco alegou que houve dificuldade em vender os abadás do “E ai bebê”, porque os abadás foram clonados e vendidos pela metade do preço.  A direção do bloco registrou  a ocorrência na 17ª DT Delegacia Territorial, onde o caso será investigado.