‘WiFi Ralph: Quebrando a Internet’ tem a maior bilheteria no feriado de Ação de Graças nos EUA

Com US$ 84,6 milhões, continuação de 'Detona Ralph' fez a segunda maior bilheteria de todos os tempos para o feriado, atrás apenas de 'Frozen'.

Cena da animação 'WiFi Ralph: Quebrando a Internet' — Foto: Divulgação

O filme da Disney “WiFi Ralph: Quebrando a Internet” dominou as bilheterias do Dia de Ação de Graças, gerando US$ 84,6 milhões em 4.017 locais durante o feriado de cinco dias e US$ 56 milhões no fim de semana.

A sequência da animação “Detona Ralph” (2013) agora é a segunda melhor estreia do Dia de Ação de Graças de todos tempos, atrás de outro título da Disney, “Frozen”, que arrecadou US$ 93,6 milhões nos primeiros cinco dias.

“WiFi Ralph: Quebrando a Internet” traz um robusto orçamento de US$ 175 milhões, então será necessário manter o ritmo em todo o mundo para gerar lucro.

John C. Reilly e Sarah Silverman repetem os papeis que tiveram em “Detona Ralph”, com o vilão dos videogames e seu melhor amigo navegando na internet. O filme original arrecadou US$ 49 milhões de dólares nos primeiros três dias de lançamento.

“Sempre que olhamos para sequências, elas têm que ser aditivas”, disse Cathleen Taff, presidente de distribuição global da Disney, sobre a “impressionante inauguração da Quebrando a Internet”.

“Os cineastas construíram este mundo com tanta atenção aos detalhes que as pessoas estavam prontas para voltar e curtir esses personagens”

“Ralph” não foi a única sequência a prosperar neste fim de semana. “Creed II”, da MGM e da New Line, foi um nocaute com o drama de boxe levantando US$ 55 milhões de 3.350 locais ao longo dos cinco dias e US$ 34 milhões no fim de semana.

“É emocionante ver tanto o legado quanto a nova geração de audiências continuarem respondendo a Rocky Balboa e Adonis Creed neste momento, quando precisamos de histórias edificantes”, disse Jonathan Glickman, presidente do grupo de filmes da MGM.

Infelizmente, nem tudo é feriado nas bilheterias.

O “Robin Hood”, da Lionsgate, embolsou US$ 14,2 milhões em 2.715 pontos para o período de cinco dias e US$ 9 milhões para o fim de semana, um resultado potencialmente desastroso, dado o orçamento de produção de cerca de US$ 100 milhões. Taron Egerton e Jamie Foxx lideram “Robin Hood” na mais nova versão.

Polêmica

A princesa Tiana, da Disney, em ‘A Princesa e o Sapo’ e no trailer de ‘Wifi Ralph’ — Foto: Divulgação

O “branqueamento” da única princesa negra da Disney em “WiFi Ralph: Quebrando a Internet” foi criticado nas redes sociais, a ponto de levar o estúdio a redesenhá-la.

Tiana, de “A princesa e o sapo”, tem uma pequena participação na sequência de “Detona Ralph”, no qual o simpático vilão de videogame descobre a Internet e tenta se tornar viral para juntar dinheiro e comprar uma peça para o jogo de sua melhor amiga, Vanellope von Schweetz.

Dois meses antes de sua estreia nos Estados Unidos, o filme foi criticado após o estúdio divulgar imagens de uma cena: o encontro de Vanellope com as princesas da Disney.

Na imagem estavam todas elas: de Branca de Neve a Ariel, passando por Jasmine, Pocahontas, Moana e Tiana, que em uma primeira olhada – usando seu vestido de baile – aparece com sua pele negra. Com informações Reuters.