Oposição denuncia prefeito de Madre de Deus no MP por fraude em licitação

A bancada da oposição protocolou a denúncia  no MP na manhã desta quarta-feira (12).

Oposição denuncia prefeito de Madre de Deus no MP por fraude em licitação

Três vereadores de oposição em Madre de Deus protocolaram  na manhã desta quarta-feira (12)  uma denúncia no Ministério Público da Bahia (MP/BA) contra o prefeito Jeferson Andrade, solicitando a apuração de possíveis fraudes em um processo licitatório para contratação de empresa para construção da Creche Frei Godofredo Raulf .

A obra que começou em 2015, foi anunciada pelo prefeito que seria entregue em março de 2016. O  chefe do Executivo chegou a anunciar que a creche seria entregue em junho deste ano. Mas a obra ainda não foi finalizada. Conforme o parlamentar Kikito Tourinho (PPS), o prefeito está administrando o cidade através de liminar, mesmo assim, segundo ele, o gestor está “acabando com o  município”.

De acordo com o vereador, a cidade está abandonada e a população está sofrendo. Ele relata ainda que falta médicos e remédios, e a oposição fará muitas outras denuncias contra o alcaide. Sobre a creche, o Kikito disse que a desconfiança de irregularidades ocorreu após verificarem que foram gastos quase R$ 12 milhões  na obra. Na denúncia, protocolada no MP, os vereadores apontam superfaturamento e contratação de empresas com sócios laranjas na contratação da creche. O socialista acusou durante a sessão de terça-feira (11) o ex-secretário de governo Nilton bastos, atual candidato a deputado estadual, de envolvimento com falcatruas na creche.

Ainda conforme o parlamentar, a bancada composta por ele, Val Peças (PSL) e Juscelino Silva (PPS) também denunciaram a licitação para contratação de empresa especializada para inplantação de Infovia Municipal, bem como, Videomonitoramento, Voz sobre IP e acesso a wifi (Madre digital). Ele conta que suspeitaram de possível  fraude após comparação com  licitações em outros municípios. Agora, o MP avalia a documentação apresentada pelos vereadores para instaurar ou não a liminar de investigação.

O Bahia Manchetes tentou o contanto com o prefeito Jeferon Andrade  por telefone e com Nilton Bastos através de mensagens e ligações, mas até a públicação desta reportagem eles não haviam retornado o contado. O espaço esta aberto para manifestações.

Supermercado cunha