Nos bastidores do reino

Conheça os bastidores, batalhas e discussões em torno do trono.

Foto: Reprodução Internet.

O camarista conhecido como Shrek passou boa parte do tempo nesta quarta-feira (27) analisando o aumento de impostos para camponeses e tentando ajustar as despesas do baixo clero. Ele que estava tentando engatar um relacionamento com o governo, desistiu e resolveu marchar na oposição.

Bem articulado, ele conseguiu alinhar nove representantes do baixo clero. Na ocasião, foi escolhido como porta voz e seguiu numa empreitada para conquistar espaço para os aliados temporários. O Imperador não ficou nada satisfeito quando Shrek colocou as cartas na mesa: “A gente quer isso… isso… e isso”, disse Shrek. “É por causa do acordo que vocês estão fazendo isso?”, perguntou o monarca. Shrek muito habilidoso disse: “Não! Isso é apenas sobrevivência”.

Supermercado cunha

Status de liderança

Que já tem vereador de olho no segundo biênio não é novidade. Mas um parlamentar que não é muito de conversa tentou algo novo.  Foi pedir apoio à oposição ao lado do “homem da cesta” que ganhou status de liderança na cidade. Um colega de parlamento não gostou nada da postura e disparou: “Que liderança ele é? Se tivesse vindo aqui com uma liderança da cidade”, retrucou.

Tinha até vereadora querendo dar um titulo de cidadão do reino ao “homem da cesta”. Ela chegou a pedir apoio a um colega, mas recebeu um sonoro não como resposta: “Não! Quais serviços ele tem prestado a cidade? O que ele fala não se escreve”, afirmou o parlamentar lembrando-se de uma disputa recente entre monarcas. Segundo ele, o “homem da cesta” conseguiu colocar uma carroça para prestar serviços no reino por causa do status de liderança.

Vai torcer para quem?

Tem um vídeo circulando nas redes sociais de um monarca do Reino vestindo a camisa de adversários: “Até tu Brutus?”. Um internauta ingênuo formulou a seguinte pergunta na web: “Ele vai torcer pelo Reino ou por outro Santo?”. A resposta é simples: “Vai torcer para quem ganhar”.

Vai votar a favor?

Um homem do comercio soltou o verbo durante uma reunião sobre o aumento de impostos para camponeses. O homem foi bem especifico ao cobrar um posicionamento de seu representante do baixo clero: “Se você votar a favor, eu não voto mais em você!”, disparou.

Cuidado com o posicionamento    

Em meio à polêmica sobre o aumento de impostos para camponeses. O Imperador ficou preocupado e mandou uma mensagem para um aliado que se posicionou contra os impostos. A mensagem apesar de amistosa serve como um alerta: “Cuidado com o seu posicionamento para que não se torne posição política”, alertou o Imperador. O aliado mencionou que a posição dele é “institucional”.

Extra! Extra!

Extra! Extra! Anunciava um moleque franzino bem sorridente que trazia a mensagem de paz. Com rosto castigado do sol, ele dizia que o Imperador não seria mais atacado por aliados porque de agora em diante tem “extra! Extra”.

Os três mosqueteiros e D’Artagnan

Os três mosqueteiros Athos, Aramis e Porthos se envolveram em um confronto com soldados do Rei. A preocupação deles é não contar com apoio de D’Artagnan que oficialmente não é mosqueteiro. Um escudeiro lançou um comunicado informando que os mosqueteiros estavam juntos na batalha. O comunicado foi na verdade direcionado a D’Artagnan que semana passada participou de um almoço com monarcas na capital.  Ele é conhecido por subir no muro quando a batalha parece intensa. D’Artagnan justifica, que ficar no muro é uma posição estratégica. Porém, o baixo clero costuma gritar em alto e bom tom: “Desce do muro D’Artagnan!”.

Quebrando o silêncio 

Na reunião da apresentação do aumento de impostos, Shrek ficou revoltado com um colega que quebrou o silêncio  ao afirmar que o pedido do Imperador deveria ser aprovado o mais rápido possível. Shrek não deixou barato e saltou o verbo: “Por isso, não vou  votar em você  para comandar o congresso”, reclamou Shrek.

Atacadão de Carnes