Nicolas Cage vai se aposentar para se dedicar à carreira de diretor

O ator afirma que pretende focar na carreira de diretor: "eu posso ser um tanto autodestrutivo se não estiver focado em meu trabalho."

Nicolas Cage vai se aposentar para se dedicar à carreira de diretor THE RUNNER, LLC

Em entrevista de divulgação de seu novo filme, Primal, Nicolas Cage começa dizendo que seguirá muito ativo no cinema: “Em termos de produção e direção, sim, eu voltarei a trabalhar. Minha produtora, Saturn Films, está envolvida em todos os filmes que tenho feito agora”, disse ele, em vídeo ao The Blast.

“Dirigir é algo que eu anseio fazer no futuro, pois, no momento, eu sou basicamente um intérprete de filmes, e eu vou continuar fazendo isso por três ou quatro anos, e [então] eu gostaria de focar mais em dirigir”, revelou o ator vencedor do Oscar por Despedida em Las Vegas.

Para finalizar, Cage afirmou por que pretende passar para detrás das câmeras — função tão mais exaustiva que apenas atuar. “Eu tenho inúmeras razões para querer trabalhar. Uma delas, para ser desavergonhadamente honesto, é que eu posso ser um tanto autodestrutivo se não estiver focado em meu trabalho”, admite.

É notório que a vida pessoal atribulada de Nicolas Cage interferiu em sua carreira. Após um início promissor (apesar de um ou outro trabalho constrangedor, como o vídeo abaixo evidencia), transtornos com a lei e um estilo de vida de muita ostentação afundou o ator em uma sequência de filmes de péssima qualidade, porém capazes de pagar a conta de suas dívidas, seus luxos, e ainda mantê-lo longe de problemas.

“É a diferença entre, talvez, uma garrafa de vinho ou duas”, diz o ator sobre a necessidade de se manter ocupado. Com informações de Adorocinema.

Supermercado cunha