Funcionário de Hospital de Madre de Deus diz que empresa não paga há quase dois meses

Segundo a Secretária Municipal de Saúde, o pagamento sairá nesta quarta-feira.

Funcionário de Hospital de Madre de Deus diz que empresa não paga há quase dois meses (Foto: Reprodução)

Um funcionário do Hospital de Madre de Deus procurou o Bahia Manchetes nesta quarta-feira (31) para reclamar do atraso no pagamento referente ao mês de dezembro de 2017.

Segundo ele, no dia 5 de fevereiro completam dois meses sem receber o pagamento.

De acordo com o denunciante, a qualidade nos serviços da unidade que são administrados pela Associação de Proteção a Maternidade Infância de Castro Alves (APMI), caiu bastante.

Ele afirmou que a APMI alega que a prefeitura não fez o repasse, por isso, não houve pagamento. Além disso, o funcionário diz que o assunto não pode ser denunciado abertamente por risco de demissão.

“Infelizmente não podemos nos expor, mas isso já virou uma novela”, lamenta.

Supermercado cunha

Ainda conforme o funcionário, a maioria não pode contar com o dinheiro porque a empresa costuma a atrasar o pagamento.

A reportagem tentou o contato com a assessoria de comunicação do Hospital, mas não obteve resposta.

Procurada, a Secretária Municipal de Saúde, Rosânia Rabelo, disse que a secretaria não repassou para APMI o mês de Janeiro por se tratar de um novo orçamento.

Segundo ela, o pagamento está saindo nesta quarta-feira. Questionada sobre o período que a empresa deve aos funcionários, a secretária não quis comentar o assunto.