Com expulsão de Frota, PT se torna maior bancada na Câmara

Parlamentar, eleito com 155 mil votos, tem criticado publicamente o governo do presidente Jair Bolsonaro.

O deputado Alexandre Frota (SP), durante sessão na Câmara — Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

As bancadas da Câmara sofreram alterações com a expulsão do deputado federal Alexandre Frota do PSL nesta terça-feira (13).

O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, tinha ao lado do Partido dos Trabalhadores (PT) a maior bancada na Câmara, com 54 parlamentares.

Porém, com a expulsão de Frota da sigla, por desobedecer a orientação do partido na votação da reforma da Previdência no segundo turno e se abster do voto, o PT passou ser a maior bancada com um deputado a mais. Na terceira posição aparece o PL, com 39 deputados.

/Via Gazeta do Povo