Vereador diz que Jeferson administra cidade sob “liminar” e “por força do dinheiro”

As declarações do vereador foram feitas na tarde de terça-feira (24) no plenário da Câmara Municipal.

Vereador diz que Jeferson administra cidade sob "liminar" e "por força do dinheiro" (Foto: Reprodução Facebook)

O vereador Val Peças (PSL) disse na tarde de terça-feira (24) no plenário da Câmara Municipal que o prefeito Jeferson Andrade (DEM) está administrando Madre de Deus há quase um ano através de uma “liminar” e “por força do dinheiro”. O presidente da Casa, vereador Paulinho de Nalva (PRB), tentou interromper a fala do edil informando que se tratava de discussão das contas da prefeitura.

“Calma presidente. Fique na sua, eu chego lá”, disse Val. Discorrendo em seguida sobre acusações de “irregularidades” nas contas do prefeito. Ele continua: “Porque o governo que aí está senhor presidente, que eu teria vergonha de tá dizendo sim pra esse governo que Ministério Público agora pediu a prisão dele [prefeito]”. Ele ressaltou que o governo que Paulinho defende teria informado ao Tribunal de Contas dos Municípios que os pacientes que fazem Tratamento Fora do Domicílio (TFD) estavam recebendo os tickets alimentação, mesmo sem receber o benefício.

Segundo ele, muitos políticos querem ganhar em cima da “desgraça” e “dificuldades” da população. Ele ainda ressalta que jamais vai querer “apoio de empresários e prefeito para ficar com rabo preso”. Apesar de não citar nomes, as declarações deram a entender que foram direcionadas a vereadores da base governista.