Valor do gás de cozinha passa de R$ 80 em Salvador

Segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, a diferença de preços entre um bairro e outro chega a mais de R$ 20.

(Foto: Reprodução)

O valor do gás de cozinha disparou e passou dos R$ 80 em alguns pontos de Salvador. De acordo com uma pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP), entre os dias 16 a 22 de setembro, o preço médio do botijão de 13 kg, na capital baiana, era de R$ 62,73. O menor valor encontrado pela agência foi de R$ 55, enquanto o preço mais alto foi de R$ 83.

Ainda segundo a ANP, os preços variam em até R$ 20 em diferentes bairros da capital baiana. A pesquisa apontou que o bairro de Plataforma foi o local que apresentou o valor mais em conta, R$ 60.

Em São Marcos, os preços ficaram um pouco acima da média e variaram entre R$ 72 e R$ 77. Nos bairros da Boca do Rio e Rio Vermelho, o botijão é vendido por R$ 83, valor mais caro cobrado na capital.

Dentro do mesmo bairro, os preços também podem variar. É o caso da Santa Mônica, onde há revendedoras que comercializam os botijões de 13 kg por R$ 59. Em outras, situadas no mesmo local, o gás sai por até R$ 65.

Para driblar os altos preços, a população tem optado por buscar os botijões em outros bairros. É o caso do aposentado Miguel Moreira, que mora no Uruguai.

Em frente à casa dele, há uma revendedora de gás que comercializa o botijão por R$ 80. Mesmo assim, ele prefere comprar o botijão na Avenida Suburbana, que fica próxima, e onde o produto sai até R$ 3 mais barato.

Para quem utiliza grande quantidade de gás de cozinha, é importante pesquisar. Carlinda Silva, proprietária de uma pequena lanchonete, gasta, mensalmente, R$ 130 para comprar dois botijões, utilizados para fritar os salgados que ela vende.

“Não repassamos o preço do gás para os clientes. Tomara que o gás baixe logo de preço”, disse. Com informações do G1.

Supermercado cunha