Trump diz que jogadora americana não deve protestar durante o hino na Copa do Mundo

Megan Rapinoe se descreveu como um “protesto ambulante” as políticas do presidente.

Trump diz que jogadora americana não deve protestar durante o hino na Copa do Mundo -GETTY IMAGES

O presidente dos Estados UnidosDonald Trump, disse que não acha correta a forma que a capitã da seleção norte-americana de futebol protesta durante o hino nacional.

Megan Rapinoe se descreveu como um “protesto ambulante” as políticas do presidente.

Trump disse ao portal The Hill em uma entrevista na segunda-feira que discorda com as ações de Rapinoe, mas que ama assistir futebol feminino e acha as jogadoras “realmente talentosas”.

Após Rapinoe se ajoelhar durante o hino, a Federação de Futebol dos Estados Unidos adotou a política que obriga jogadores a se manterem em pé durante o hino. Atualmente ela fica em pé, mas tem sido criticada por não cantar e nem colocar a mão no coração como as outras jogadoras.

Trump também disse que a economia deve ser considerada para decidir se as jogadoras da seleção feminina devem receber a mesma quantia da masculina.

“Eu acho que muito disso tem a ver com a economia”, disse o presidente. “Quero dizer, quem faz mais, é para onde o dinheiro entra. Eu sei que quando você tem grandes estrelas como [Cristiano] Ronaldo e algumas outras… Isso traz muito mais dinheiro, mas eles atraem centenas de milhares de pessoas”, falou Trump.

“Mas eu ainda não tomei uma posição em relação a tudo. Eu tenho que olhar a isso”, finalizou. Com informações da ESPN.