“Triste, cheia de fezes”, diz pai sobre filha que ficou suja de cocô em Creche de Madre de Deus

Segundo o pai, a criança ficou suja até a mãe busca-lá na creche e limpar.

“Triste e cheia de fezes”, diz pai sobre filha que ficou suja de cocô em Creche de Madre de Deus ( Foto: produção whatssap)

Os pais de uma criança de 2 anos que frequenta o Centro Municipal de Educação Infantil Frei Godofredo Raulf  de Madre de Deus, ficaram revoltados após encontrar a filha suja de cocô na última terça-feira (19). Para piorar a situação, a criança ficou suja até a mãe busca-lá na creche. “Minha filha estava em uma situação triste, cheia de fezes das costas até as pernas. Tirei até foto botei nas redes sociais aí. Minha esposa ficou muito irritada, em choque. Porque minha menina estava estacionada num cantinho chorando e toda suja”, disse , Luís Miranda, pai da criança.

Ele descreve o caso como “absurdo” e relata que a esposa informou que no momento à auxiliar estava sozinha com 15 crianças chorando ao mesmo tempo.

“Implantou o encino integral, então tem que ter o compromisso de colocar mais pessoas para trabalhar porque estamos falando de crianças de 2 a 3 anos”, disse.

O pai conta com tristeza que a filha ficou com as fezes grudadas na pele por cerca de duas horas. ” A gente ficou muito chateado! Procurei a secretária [de educação] no outro dia na prefeitura, mas não conseguir falar com Nita, disseram que ela tinha saído para uma reunião: Ela, Ericson e não tinha ninguém”, lamentou.

Ele explica que a esposa procurou a direção da creche que teria informado que a professora havia saído para abrir uma conta para receber o pagamento.

“Se tem uma sala com 21 alunos, se saí um [professor] tem que ter alguém para substituir, mas só que não tem funcionários”, afirma.

Ainda conforme o pai, a situação só se normalizou porque as mães tranquilizaram os filhos para levar para casa.

” Minha esposa entrou pegou a menina,levou para o banheiro e deu um banho. As outras mães foram acalmando seus filhos”.

Ele explica que a esposa tirou a foto para que isso não volte a acontecer na rede municipal de ensino. Ele completa ressaltando que em casa limpa a criança rápido para evitar que ela contraia algum tipo de “bactéria”.

“A pessoa fica revoltada, como vou ter a confiança de deixar minha filha assim no colégio desses sem uma qualidade, sem uma estrutura”afirma.

Ele destaca ainda que teria conversado com uma pessoa que responde pela creche, mas até o momento a dreção  não retornou o contato.

O pai relata que a esposa procurou a direção todos os dias desde o ocorrido, mas o caso ainda não foi resolvido:”Continua com 21 alunos para uma auxiliar e uma professora”. Ele também aponta que só tem uma opção de comida e que se não gostar a criança acaba ficando com fome.

” A gente bota sempre merenda para elas, para minhas meninas. A gente tem que botar”, disse o pai que afirma que tem duas filhas estudando na rede municipal de encino.

Ele relata ainda que na Escola Luís Eduardo Magalhães não ocorreu muitas problemas, mas lembra que nos primeiros dias sua filha de 5 anos ficou o dia inteiro sem tomar banho.  Em seguida, ele diz que educação precisa  “melhorar muito”.

“Infelizmente o prefeito que está aí deixa a desejar a nossa cidade está desprevenida de líder. Eu acho que a gente tem um líder que não é um líder. Porque se você coloca uma coisa tem que ter responsabilidade, e o filho dele não estuda lá né”, questiona.

Ele lamenta que muitos  não buscam pelos seus direitos e relata que a esposa chegou a convocar os pais para procurar a secretária de educação, mas ninguém foi. “Eu já disse que vou está cobrando todos os dias. Não vou esperar até se organizar no meio do ano”,diz. E completa:  “Eu trabalho o dia todo, minha esposa também trabalha, a gente quer tá em casa e ter a segurança de que nossos filhos estejam bem. Se alimentando bem, que venha mudar essa alimentação, que a alimentação também tá precária. Eu só vejo minha filha falar que a maioria das vezes [é servido] arroz”.

Para ele, o projeto de ensino de tempo integral é “excelente”, mas precisa ter “qualidade”. ” Não é de qualquer jeito, estão lidando com pessoas, com crianças principalmente. Então, só tem mesmo maquiagem”.

Com a palavra, a Secretária de Educação.

A Secretária de Educação, Nita Brito disse ao Bahia Manchetes, que todas as providências foram tomadas e nesta terça-feira (26) vai apurar as denúncias feitas pelos pai. Ele informou ainda que está a disposição da família.