Sargento é morto após pedir que grupo não usasse drogas no terreno dele em Coaraci

Após ser baleado, PM chegou a ser socorrido por vizinhos, que tentaram levá-lo para hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Sargento da reserva da PM foi morto a tiros na BA (Foto: Reprodução/Facebook)

Um sargento da reserva da Polícia Militar, de 59 anos, foi morto a tiros, na tarde desta sexta-feira (11), após pedir que um grupo com cerca de seis homens saísse da propriedade dele, uma pequena roça, na zona rural da cidade de Coaraci, no sul da Bahia.

De acordo com informações da Polícia Militar, divulgadas pelo G1, o grupo usava drogas no local e teria reagido a tiros ao pedido da vítima, identificada como Lúcio Soares dos Santos. O filho do sargento estava com ele, mas não foi baleado.

O sargento chegou a ser socorrido por vizinhos, que tentaram levá-lo para um hospital da região, em um carro, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do veículo.

Após a ação, um adolescente suspeito do crime foi apreendido. Já os comparsas dele conseguiram fugir. O grupo é procurado pela polícia.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna. Não há detalhes sobre o sepultamento do sargento.