Políticos da base e oposição ao prefeito participam de ato com Rui em Madre de Deus

A desistência de Neto abriu uma nova linha de diálogo entre o município e o governador.

(Foto:Reprodução) Centro Administrativo de Madre de Deus.

A visita do governador Rui Costa (PT) nesta segunda-feira (9) pode estreitar a relação  com a prefeitura de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador. O prefeito Jeferson Andrade saiu do Partido Progressista (PP) e migrou para o Democratas (DEM), antes das eleições municipais em 2016, criando uma aliança com ACM Neto, que pleiteava concorrer ao Governo do Estado.

A desistência de Neto abriu uma nova linha de diálogo entre o município e o governador. A maioria dos vereadores na Câmara Municipal é de partidos ligados ao Governo Estadual, facilitando possíveis alianças.

Com mais de 200 municípios visitados em pouco mais de três anos de governo. Rui segue sua extensa agenda para reforçar alianças na região metropolitana e no interior. O governador  vai anunciar  novidades nas áreas da saúde e de esporte na cidade como a implantação de um Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e de uma Academia de Saúde.

A expectativa é que lideranças da posição e da situação na esfera municipal participem da assinatura para ordem de serviços, um investimento de R$ 1,8 milhão para a construção, mobiliário e equipamentos, o Caps será construído no bairro Corurupeba, e a previsão é que termine em oito meses. O líder da oposição na  Câmara, o vereador Val Peças (PSL) confirmou que vai participar do ato, ao lado do vereador Juscelino Silva (PPS).

O ex-secretário de governo do munícipio, Nilton Bastos, saiu do PSD, e disputará a eleição para Deputado Estatual pelo PP. Apesar das diversas viagens por todo o Estado. O ex-secretário do munícipio terá que enfrentar a rejeição na cidade, tanto de aliados, quanto de eleitores.

No entanto, com a dissidência entre opositores, que devem apoiar candidatos diferentes, isso poderá favorecer o aliado do prefeito que aposta na entrega da creche e na criação de vagas de trabalho para afastar a rejeição e alcançar o eleitorado insatisfeito.

A manobra de Bastos é utilizar o discurso de mudança para convencer os eleitores insatisfeitos com o cenário atual.  A afirmação de que “o novo veio para ficar”, já foi utilizada, durante a campanha do prefeito Jeferson Andrade. Porém, em outra ocasião, o triunfo do gestor no pleito Federal  foi conquistado através de Mário Negromonte Júnior com o discurso de resolução do problema da falta de água no município com a nova adutora.

Os destinos de aliados se cruzam novamente, Nilton e Mário estão juntos no PP, com a adesão do deputado federal Cláudio Cajado que deixou o DEM após mais de 20 anos de vinculação na legenda,  a configuração politica fica ainda mais extensa. Apesar da estratégia montada, não existe garantias de que a base governista poderá utilizar a eleição Estadual como termômetro para o próximo pleito municipal. Por outro lado, a oposição pretende somar todos os votos em candidatos que sejam contrários ao prefeito. Contudo, isso não significa que haverá alinhamento entre opositores nas próximas eleições.

Supermercado cunha