Petrobras derruba liminar que vetava parada de atividades da Fafen em Camaçari

O anúncio da hibernação - termo usado pela Petrobras - foi feito pela empresa em março de 2018.

Petrobras derruba liminar que vetava parada de atividades da Fafen em Camaçari (Foto: Reprodução)

A Petrobras conseguiu derrubar uma decisão da Justiça Federal que havia suspendido a parada temporária de atividades na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia (Fafen-BA), que fica no polo industrial de Camaçari, região metropolitana de Salvador.

A empresa recorreu da decisão da 13ª Vara Federal de Salvador e conseguiu efeito suspensivo, mudando o entendimento da Justiça de que a chamada “hibernação” poderia colocar em risco a continuidade das atividades do polo.

A Fafen, instalada em Camaçari desde 1971, começaria o processo de “hibernação” em 31 de janeiro, mas, no dia anterior, saiu a decisão judicial, em caráter liminar, suspendendo a ação.

O anúncio da hibernação – termo usado pela Petrobras – foi feito pela empresa em março de 2018. Na época, a Petrobras alegou problemas financeiros como motivo para a medida.

O Sindicato dos Petroleiros da Bahia informou que, agora com a nova decisão, a “hibernação” começou nesta sexta-feira (22) e o processo deve demorar 90 dias.

Em nota, a Petrobras informou que a companhia vai seguir com os procedimentos para enverrar as atividades da unidade e que o processo licitatório para arrendamento da fábrica segue em andamento.

Com o encerramento das atividades da Fafen, 400 trabalhadores terceirizados devem ficar desempregados e outros 300 devem ser transferidos. Com informações do G1.