Madre de Deus completa 29 anos de emancipação política

O dia 13 de junho é um marco na história da pequena ilha.

Câmara de Vereadores de Madre de Deus (Foto: Reprodução)

O município de Madre de Deus, a 63 km de Salvador, comemora seus 29 anos de emancipação política. Um dia considerado normal para maioria da população madredeusense, com exceção do feriado que destaca a data, e da movimentação de agentes políticos que participam da solenidade na Câmara Municipal. Na abertura da cerimônia política, teve hasteamento da Bandeira, em seguida, missa na Igreja Matriz e uma sessão solene no poder Legislativo.

O dia 13 de junho é um marco na história da pequena ilha que conseguiu através da luta de emancipacionistas, trilhar o caminho político e ser reconhecida como cidade.

Antes da emancipação, moradores de Madre de Deus tentaram construir uma aliança com residentes das ilhas de Paramana e Bom Jesus, mas eles não aceitaram, e até hoje continuam como distritos de Salvador. Apesar da pequena área territorial e populacional, a cidade-ilha tem uma arrecadação que faz inveja, a certas cidades grandes. Contudo, o modelo político-administrativo adotado pela gestão municipal, não agrada a maioria da população que cobra uma melhor qualidade nos serviços básicos.        .

O município ganhou notoriedade no passado por conta de suas belas praias que recebiam visitas no verão, e que com o tempo passou a ser o destino de muitos turistas.

Supermercado cunha