Levada do Caboclo reúne poucas pessoas em Madre de Deus e recebe críticas na web

A caminhada, não contou com a participação das forças armadas nem de alunos das escolas públicas municipais.

O cortejo cívico e cultural em homenagem ao dia da independência do Brasil na Bahia, celebrado na segunda-feira (2),em Madre de Deus, foi marcado pela pequeno número de participantes.

Um dos principais símbolos da Independência da Bahia, o caboclo, grande ícone da participação popular nas lutas pela Independência,  foi levado pelas ruas da cidade durante a celebração ao 2 de julho por poucos moradores, que se confundiam entre pedestres num cortejo sem brilho.

As homenagens aos Heróis da Independência, não foram  completamente ofuscadas graças a missa, e ao solitário percurso do caboclo. Seguindo a imagem, cerca de seis  mulheres vestidas nas cores da bandeira brasileira.

A caminhada, não contou com a participação das forças armadas nem de alunos das escolas públicas municipais que costumam abrilhantar o desfile.

Poucos agentes políticos participaram da celebração que recebeu criticas de internautas. No vídeo compartilhado diversas vezes nas redes sociais, é possível ver um pequeno grupo acompanhado a imagem do caboclo, enquanto  moradores da Av. Deijair Maria Pinheiro, observam o cortejo, ao que chamam de ‘vergonha’. (veja o vídeo abaixo)

No final do vídeo, o morador ainda ironiza: “Salve, salve 2 de julho independência da Bahia”. As imagens foram espalhadas na web, com frases como: “Estão chorando no pé do caboclo”, “não precisa de legenda” e “acabaram com a tradição”. Algumas em tom de piada, outras ressaltavam  o desrespeito a cultura.

Veja o vídeo abaixo:

Supermercado cunha