Jeferson acusa oposição de atrapalhar processo licitatório para obra na Quitéria e Jailton rebate: ‘Deixa de mentir’

O vice usou uma rede social para rebater o gestor nesta quinta-feira (21).

Jeferson acusa oposição de atrapalhar processo licitatório para obra na Quitéria e Jailton rebate: 'Deixa de mentir'

O prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade (PP) acusou os vereadores de oposição e o vice-prefeito Jailton Polícia (PRB) de atrapalhar o processo licitatório para obra de requalificação no bairro da Quitéria Velha, em Madre de Deus. As declarações foram proferidas durante uma entrevista na rádio local na quarta-feira (20). De acordo com o gestor, algumas pessoas tem a “cabeça pequena” e torcem contra a obra. Em seguida, ressalta que são vereadores, líderes políticos e pessoas da cidade que não querem que aconteça.

“Desde a fase do certame que os vereadores de oposição, mais o vice-prefeito foram para dentro da sala da CPL para torcer contra: fazer gritaria, enfim atrapalhar o certame e vem de alguma forma atrapalhando o certame para que não dê certo”, disse.

O chefe do Executivo destaca que “tem gente que fica com aquele dedinho fazendo torcida contra” e aponta que são poucas pessoas a quem descreve como “medíocres”.

“Infelizmente, tem gente que torce contra cidade, que torce contra Quitéria que quer que não dê certo. Mas eu queria dizer aqui pra todos vocês que torcem contra.  Que contra o povo dessa cidade e contra Deus vocês não podem nada”, afirma.

O vice-prefeito Jailton Polícia (PRB) usou uma rede social para rebater as declarações feitas por Jeferson na emissora local. Segundo ele,  o prefeito têm 70% de rejeição na cidade e vai a rádio tentar “implantar discórdias com mentiras”.

Ele ironiza as declarações do prefeito a quem chamou de “meu marqueteiro favorito”, em referência ao personagem Gru da trilogia do “Meu Malado Favorito” e questiona:  “Por que você não deixa de mentir para o povo de Madre e fala verdade?”

Para Jailton, o prefeito faz integras, oprime e manipula os funcionários. Ele sugere que Andrade informe a população o que fez com R$ 2,5 milhões investidos no Parque Industrial, e que,  iria gerar 1.800 empregos.

 “Por que não fala para o povo de Madre onde colocou os 900 mil reais que eram para reforma do gramado do estádio que você destruiu durante 2 anos em eventos de Madre Music? Por que você não tenta explicar para o povo sobre os 14 milhões que gastou com a creche da cidade, dinheiro que daria para construir 3 creches semelhantes?”, questiona.

Ele cita que a administração municipal gastou R$ 1,4 milhões com publicidade e R$ 220 mil com o contrato do treinador  de box de alto rendimento, disse ainda, que nunca viu o treinador dar aula na cidade.

“Fala para o povo também, porque além de cobrar taxa dos moradores de Maria Guarda, você tem um contrato de 140 mil reais com a Sinart pagando 16 mil por mês”, dispara.

Jailton ressalta que não vai nem somar os valores, e que pretende deixar  o povo fazer a conta e cobrar do gestor.  “É você quem mente sem explicar o que faz com tanto dinheiro administrado de forma irresponsável. Agora você quer fazer todas as obras possíveis e impossíveis, um ano antes de terminar nosso mandato. Com tanto dinheiro que você gastou, por que não fez antes?”

Por fim, o vice alerta ao gestor que o político que tem mandato ao realizar uma obra ou prestar serviços “não fazem mais do que a obrigação”.

“Somos empregados do povo que nos escolheu para administrar o que é deles e não nosso. A Prefeitura não é extensão de nossa casa”, completa.