Haddad é oficializado pelo PT com candidato a presidente no lugar de Lula

Em 1º de setembro, TSE rejeitou a candidatura de Lula com base na Lei da Ficha Limpa.

Haddad é oficializado pelo PT com candidato a presidente no lugar de Lula Foto: Bruno rocha/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O Partido dos Trabalhadores oficializou nesta terça-feira (11) a candidatura de Fernando Haddad à presidência da República, no lugar do ex-presidente Lula.

A decisão foi oficializada no fim da manhã desta terça-feira, em uma reunião da Executiva do Partido dos Trabalhadores, em um hotel de Curitiba. O anúncio foi feito no acampamento de militantes do PT em frente à sede da Polícia Federal, onde está preso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Um dos fundadores do PT, o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh leu uma carta escrita por Lula.

“Estou indicando ao PT e à Coligação O Povo Feliz de Novo a substituição da minha candidatura pela do companheiro Fernando Haddad que, até este momento, desempenhou com extrema lealdade a posição de candidato a vice-presidente. Ao lado dele, como candidata a vice-presidente, teremos a companheira Manuela D’Ávila, confirmando nossa aliança histórica com o PCdoB”, dizia um trecho da carta.

No dia 1º de setembro o Tribunal Superior Eleitoral rejeitou a candidatura do ex-presidente Lula à Presidência com base na Lei da Ficha Limpa. Lula foi condenado, em segunda instância, a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex em Guarujá.

O PT fez a troca de Lula por Haddad no último dia do prazo estipulado pela Justiça Eleitoral. Até o último momento, o partido tentou adiar esse prazo, mas não conseguiu.

No discurso, o agora candidato à presidência Fernando Haddad disse que, se eleito, vai adotar medidas para retomar o crescimento da economia e gerar empregos no país.

“Nós não vamos aceitar o Brasil do século 20, 19, 18. Nós não queremos aquele Brasil desigual. Nós não queremos mais aquele Brasil intolerante. Nós sabemos o que nós podemos ser. Nós sabemos do nosso potencial. Nós vivemos. Nós deixamos de sonhar para realizar o sonho. É hora de sair para a rua de cabeça erguida e ganhar essa eleição. Nós vamos ganhar essa eleição”.

A candidata a vice-presidente na chapa, Manuela D’Ávila, é deputada estadual do Rio Grande do Sul.

Enquanto Fernando Haddad participava do evento em Curitiba, a advogada da coligação PT, PCdoB e Pros, Maria Cláudia Buchianeri, protocolava os nomes da nova chapa no Tribunal Superior Eleitoral. O pedido de registro da candidatura de Fernando Haddad e Manuela d’Ávila seguirá os trâmites normais a partir de agora. Com informações do G1.

Supermercado cunha