Funcionários da empresa Tel protestam em Madre de Deus

Eles reivindicam melhores condições de trabalho.

Trabalhadores de empresa de telemarketing protestam em Madre de Deus (Foto: Reprodução)

Trabalhadores  da empresa de call center, Tel Telemática, pararam as atividades na manhã desta segunda-feira (23), em Madre de Deus. Os funcionaram reclamam que há uma semana não tem água na sede da empresa, e que o valor para o lanche esta abaixo do preço médio no município, que é de R$ 5. Eles também se queixam do curto período para o lanche .

Além disso, os trabalhadores apontam que empresa tem ameaçado com a advertência, suspensão e demissão. Segundo informações de um funcionário da Tel, que não quis ter o nome revelado, tudo é motivo de suspensão e demissão por justa causa. Ele conta ainda, que depois que o documento sobre a saída da empresa vazou na internet, a situação ficou mais difícil. “Sofremos pressão psicológica” e “assedio moral” , ” a empresa monitora tudo sobe pressão para facilitar a justa causa”, relatou o funcionário.

O Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações da Bahia (Sinttel) chegou na sede da Tel por volta das 10h, e cobrou da empresa melhores condições de trabalho para funcionários. Conforme trabalhadores, a iniciativa também visava obter uma resposta da empresa sobre o futuro incerto no município. Apesar dos questionamentos, a empresa e a prefeitura ainda não emitiram uma nota oficial sobre o fim da concessão.

Até por volta das 12h, os trabalhadores continuavam parados em frente à empresa.

A reportagem tentou o contato com a assessoria de comunicação da Tel por telefone, mas as ligações não foram atendidas.