Cláudia Copque assume liderança do governo e é alfinetada no plenário: “Desinformada”

A líder do governo disse que "não tinha como responder naquele momento" e o adversário político descreveu a vereadora como 'desinformada'.

Câmara Municipal de Madre de Deus (Foto:Reprodução)

A vereadora Cláudia Copque (PSB) assumiu a liderança do governo na Câmara de Madre de Deus em meio as turbulências na base, e deve enfrentar a difícil tarefa de melhorar a interlocução dos aliados com o prefeito Jeferson Andrade (DEM). A nova líder deve levar demandas de vereadores  ao chefe do Executivo e aproximá-los do grupo político e das discussões a respeito de projetos do governo.

Após um enorme desgaste na relação entre o prefeito e aliados, o gestor tenta conter possíveis dissidentes, aparando as arestas  e mantendo alguns aliados na “rédea curta” para evitar surpresas. A vereadora Cláudia já sentiu que a missão de defender críticas direcionadas ao governo não será nada fácil. Durante a sessão de terça-feira (19), o parlamentar Val Peças (PSL) questionou a vereadora sobre o projeto SOMAR parceria entre o poder Executivo e outros municípios da região metropolitana de Salvador.

A líder do governo disse que “não tinha como responder naquele momento”.Logo depois, o adversário político alfinetou Cláudia: “A líder do governo está bastante desinformada porque esse projeto está desde à gestão passada. Não é agora que chegou. Tá aqui, desde 2016”.

Em seguida,  Val pondera afirmando que eles são ‘amigos’, mas que não existe justificativa.  Ele cita como exemplo a viagem do prefeito para China que segundo edil, o gestor não trouxe  nada para o município. Mostrando o documento na tribuna, o parlamentar enfatiza que alguém está levando vantagem com os cargos comissionados que serão criados. Enquanto o vereador discursava, Cláudia fez alguns comentários e demonstrou que ficou irritada. De acordo com Val, os cargos não vão favorecer a população.

O edil também chamou a atenção do secretário de serviços públicos, Jacson Andrade,  ao ressaltar que tem uma obra pessoal do prefeito localizada na Avenida Milton Bahia Ribeiro, que segundo ele, foi denunciada nos setores da prefeitura, mas que não fizeram nada porque a obra é do prefeito.   “Rachou casas que estão lá e quando vier as chuvas, pode acontecer uma tragédia “, alertou.