Centro de Referência da Mulher recebe melhorias e é reinaugurado em Madre de Deus

Com a reforma, a expectativa é de que o atendimento seja ampliado de 80 para 300 mulheres por dia.

Centro de Referencia da Mulher, Praça Pedro Gomes , em Madre de Deus (Foto: Bahia Manchetes)

O Centro de Referência da Mulher (CRM) em Madre de Deus passou por melhorias, e na tarde de quinta-feira (14), foi reinaugurado com uma nova infraestrutura de atendimento. Com uma equipe multiprofissional que inclui três  ginecologistas, enfermeira, técnico em laboratório, técnicos de enfermagem e técnico de ultrassom, além da equipe administrativa (recursos humanos). Entre os profissionais de saúde,  a unidade terá um especialista em obstetrícia para atendimento com foco em gestação de alto risco, um outro profissional irá tratar  casos de pacientes com doenças sexualmente transmissíveis e uma terceira  ginecologista irá  fazer  o pré-operatório das cirurgias ginecológicas.

A intervenção na unidade contou com a ampliação do espaço fisco, com nova área de triagem climatizada, revisão da parte elétrica, novas portas e pintura, pavimentação do passeio. Com a reforma, a expectativa é de que o atendimento seja ampliado de 80 para 300 mulheres por dia.

Supermercado cunha

A entrega da unidade, estava previsto inicialmente para agosto de 2017, mas foi adiada ao menos cinco vezes. Segundo a prefeitura, por problemas de infiltração em imóveis próximos e retoques no acabamento.

Estiveram presentes na reinauguração do CRM, o vice-prefeito Jailton Polícia (que representou o prefeito Jeferson Andrade), a secretária municipal de saúde, Rosânia Rabelo, secretários, coordenadores, além de funcionários da unidade.

Segundo a secretária municipal de saúde, o CRM tem uma nova sala de coleta de exame laboratorial.

“A paciente uma vez diagnosticada a necessidade de  fazer cirurgias ginecológicas.  Elas vão passar pelo cirurgião ginecológico, fazer  exames, fazer o exame  de imagens , que  a gente vai ter o ultrassom (na unidade). Em seguida, a gente fazer a contra referência  ao Hospital  que é onde vai realizar as cirurgias seletivas da mulher a nível de necessidade [sic]”, garantiu a secretária.

A unidade irá funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Os agendamentos serão realizados através dos Postos de Saúde da Família (PSF).

Espaço Corpus