Após rompimento, vice-prefeito de Madre de Deus chama prefeito de “traidor”

"Fui mais uma vítima de sua traição assim como você, Dailton filho, Carmen e todos aqueles que foram usados por ele e depois descartados", escreveu Jailton.

Após rompimento, vice-prefeito de Madre de Deus chama prefeito de "traidor" (Foto:Reprodução Facebook)

“Pedindo licença aos demais moradores de Madre que sempre me falavam que o prefeito não valia nada”. Foi assim que o vice-prefeito de Madre de Deus, Jailton Polícia (PRB) começou seu texto no Facebook, publicado na terça-feira (29) em que criticou a postura do prefeito Jeferson Andrade (DEM).

Após quase um mês de rompimento político, Jailton voltou pedir desculpas à população ao descrever  que durante a campanha havia prometido que à administração do atual gestor seria diferente.

No post com o título: “Lembranças”. O vice-prefeito começa ‘pedindo licença aos demais moradores da cidade que sempre falavam ele que o prefeito não valia nada’. Em seguida, conta uma cena que teria visto durante a campanha de 2016, em que o então candidato a prefeito, Jeferson foi em uma residência na Rua das Malvinas  e acabou ouvindo o desabafo de uma dona de casa. Segundo ele, a mulher muito magoada teria questionado o prefeito: “hoje você teve a coragem de vir em minha casa pedir voto, quantas vezes eu fui a seu gabinete na prefeitura tentar falar com você e nunca me atendeu?”, escreveu Jailton.

Em outra parte, Jailton completa o que dona de casa teria dito: “Quantas vezes eu fiquei o dia inteiro com fome aguardando falar com você que nunca me atendeu? Prefeito eu só queria que você me desse uma oportunidade de conversar, porque naquele momento eu estava com meus filhos passando fome dentro de casa, e você nunca teve a coragem de me atender, então hoje lhe digo que não votarei em você, porque você não é humano nem tem sentimentos por ninguém “.

Logo depois, o vice-prefeito relata que integrantes do grupo político liderado por Jaferson teriam pedido ele para acompanhar a conversa. No texto, o politico conta que após ouvir o desabafo da dona de casa, descrita apenas como Cristina. Ele teria pedido para ela votar na chapa, mas segundo ele,  a dona de casa demonstrava resistência. Na publicação, o vice-prefeito afirma que garantiu a dona de casa que a situação seria diferente porque estava ao lado do prefeito. Ainda conforme Jailton, a mulher teria informado ao prefeito que não estaria votando nele, mas no vice.

O vice-prefeito encerra o post pedindo desculpas a eleitora, discorrendo em seguida sobre as supostas vítimas da traição de Jeferson. “Fui mais uma vítima de sua traição assim como você, Dailton filho, Carmen e todos aqueles que foram usados por ele e depois descartados pela sua arrogância,(e) desrespeito”, finalizou Jailton.